Logo

Ir Para o Site

Google recebe pedidos para eliminar das buscas mais de 1,2 milhão de links

Em média, o Google diz que retira seus resultados de busca 97% dos links que os titulares dos direitos ou seus representantes solicitam

Google recebeu pedidos para eliminar mais de um milhão de links de seus resultados de busca em março, de acordo com um relatório da empresa divulgado nesta sexta (25).

A métrica de "solicitação de remoção" é nova, aparecendo na mais recente versão do relatório.

O Google recebeu pedidos de 2,4 mil proprietários de direitos autorais para sumir com um total de mais de 1,2 milhão de links, contidos em 24,3 mil domínios.

Em média, o Google diz que retira seus resultados de busca 97% dos links que os titulares dos direitos ou seus representantes solicitam.

Os principais requerentes em março foram Microsoft, com mais de meio milhão (546.716) de URLs; NBC Universal (165.662); BPI - Indústria Musical Britânica ( 151.087); o site pornô Elegant Angel (41.803) e a RIAA - Gravadoras dos EUA (31.922).

Principais alvos dos pedidos foram filestube.com, com 41,3 mil links contestados; torrentz.eu (22,5 mil); 4shared.com (20,1 mil); torrentreactor.net (18,8 mil), e Zippyshare.com (18,8 mil).

Pedidos aumentam

De acordo com o Conselheiro-Sênior Fred von Lohman, do Google, os pedidos de limpeza de URL são uma "bola de neve". "Hoje em dia não é incomum receber mais de 250 mil pedidos por semana, o que é mais do que proprietários de direitos autorais nos pediram ao longo de 2009", escreveu no blog da companhia.

Assim como as requisições aumentam, o tempo de resposta do Google também, de acordo com von Lohman. Por meio do uso de melhores ferramentas, a empresa diminuiu seu tempo médio de processamento para um pedido de expurgo de uma URL para 11 horas.

Ele também enfatiza que o Google faz esforços para avaliar a validade das infrações alegadas pelos detentores de direitos antes de bloquear os links nos resultados da pesquisa.

"Recentemente rejeitamos dois pedidos de uma organização que representa uma enorme empresa de entretenimento, pedindo-nos para remover um resultado de pesquisa que levava para um review em um dos principais jornais de um programa de TV", escreveu.

"Também recebemos pedidos de remoção que estão sendo usados para fins anticoncorrenciais, ou para bloquear conteúdo desfavorável para uma determinada pessoa ou empresa a partir de nossos resultados de pesquisa", acrescenta.

Além de analisar os pedidos de limpeza por si, o Google também notifica os administradores quando seu site é alvo de um pedido de remoção, para que eles possam contestar.

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/internet/2012/05/25/google-recebe-pedidos-para-eliminar-das-buscas-mais-de-1-2-milhao-de-links